Diego Azubel/EFE
Diego Azubel/EFE

Carros da Marussia são autorizados a largar no GP da Malásia

FIA também confirma punição do francês Romain Grosjean, da Lotus

Estadão Conteúdo

28 Março 2015 | 10h25

Os comissários da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiram permitir a participação dos dois carros da Marussia no GP da Malásia de Fórmula 1, neste domingo, às 4h de Brasília, em Sepang. Roberto Merhi não conseguiu ficar dentro do limite de 107% do melhor tempo da bateria, enquanto Will Stevens não fez volta lançada.

A FIA resolveu beneficiar a Marussia porque, no entender da entidade, o estreante espanhol Roberto Merhi ficou muito pouco fora do limite, enquanto o britânico Will Stevens foi prejudicado por uma falha no sistema de combustível do seu carro.

Na Austrália, no primeiro GP da temporada, a Marussia sequer conseguiu colocar os carros na pista. Desta vez, ao pedir autorização para largar, argumentou que seus carros apresentaram "tempos satisfatórios" nos treinos livres em Sepang. No domingo, Merhi larga em 19.º, enquanto Stevens sai em 20.º.

A FIA também decidiu punir o francês Romain Grosjean, da Sauber, por desrespeitar a ordem de carros na saída dos boxes para o início do Q2. Oitavo mais rápido, ele perdeu duas posições no grid e vai largar em décimo. Foram beneficiados o finlandês Valtteri Bottas (oitavo) e o sueco Marcus Ericsson (nono).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.