Cart poderá dar acesso à Fórmula 1

Se não bastassem os muitos problemas enfrentados pela Fórmula 1, Bernie Ecclestone, presidente da Formula One Administration (FOA) e promotor do Mundial, confirmou hoje estar negociando com Chris Pook, o responsável pela Fórmula Indy, a aquisição de parte da Championship Auto Racing Team (Cart), entidade que detém os direitos da competição. "Tivemos algumas reuniões, mas não avançamos muito", disse Ecclestone à imprensa inglesa. Aos 72 anos de idade, com enormes dificuldades para resolver na Fórmula 1, até mesmo de credibilidade esportiva, Ecclestone está pensando na América do Norte. Na realidade, o plano de Pook, que conta com o apoio de Ecclestone, é transformar a Indy numa categoria de acesso à Fórmula 1 e não sua concorrente. Os dois são ingleses e se conhecem desde que Pook promovia o GP dos Estados Unidos costa Oeste, em Long Beach, Califórnia, de 1976 a 1983. A Indy perderá em 2003 suas principais equipes e duas montadoras que investiam, a Honda e a Toyota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.