Caterham confirma retorno de Kobayashi no GP da Itália

Japonês havia sido preterido na Bélgica em favor do estreante Andre Lotterer, mas retoma o posto de titular da equipe na etapa de Monza

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2014 | 10h09

A Caterham confirmou nesta quinta-feira que voltará a contar com o japonês Kamui Kobayashi para o GP da Itália de Fórmula 1, no fim de semana. O piloto havia sido preterido na etapa passada, na Bélgica, em favor do estreante alemão Andre Lotterer. Com a decisão, o japonês retoma o posto de titular do time em Monza.

A troca de Kobayashi por Lotterer, um veterano do automobilismo, de 32 anos, não foi explicada pela Caterham na etapa passada. E acabou aumentando as especulações sobre a dupla de pilotos da equipe para a temporada 2015. O japonês, que voltou à F1 neste ano, tem poucas chances de seguir na Caterham no próximo ano.

Depois de testar Lotterer, que não passou da segunda volta no Circuito de Spa-Francorchamps, a equipe dará uma chance ao espanhol Roberto Merhi. O piloto de 23 anos fará sua estreia na F1 no primeiro treino livre do GP da Itália, nesta sexta-feira. Mehri ocupará justamente o lugar de Kobayashi na sessão inicial da etapa.

O japonês, no entanto, não se mostrou incomodado com o afastamento na corrida passada. "Eu trabalho para a Caterham e sempre vou respeitar a decisão deles. Agora estou de volta ao carro e ansioso para correr novamente", declarou Kobayashi, que não disputa uma prova desde o recesso de verão na Europa.

"Nós trabalhamos duro em equipe e fizemos melhorias no carro, além de trazer novas atualizações desde que pilotei na Hungria, antes do recesso. Agora quero ver como será pilotar o carro com estas novidades aqui em Monza", afirmou o japonês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.