Miguel Medina/AFP
Miguel Medina/AFP

Charles Leclerc domina segundo treino livre e é o mais rápido do dia na Itália

Piloto da Ferrari liderou as sessões da manhã e da tarde em Monza

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2019 | 16h10

O monegasco Charles Leclerc segue dando as cartas nos treinos livres para o GP da Itália, no circuito de Monza, que é a 14.ª das 21 etapas da temporada de 2019 da Fórmula 1. Depois de liderar a primeira sessão pela manhã, debaixo de chuva, o piloto da Ferrari foi o melhor também em pista seca na atividade da tarde. Na melhor de suas 37 voltas, já pensando na corrida deste domingo, fez o tempo de 1min20s978.

O vencedor do GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, no domingo passado, foi o único piloto a cravar um tempo na casa de 1min20s neste segundo treino livre para a tradicional prova italiana. O ferrarista superou o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, por apenas 0s068 - o pentacampeão mundial e atual líder do campeonato cravou 1min21s046.

O alemão Sebastian Vettel, companheiro de Leclerc na Ferrari, concluiu o treino da tarde em terceiro lugar com o tempo de 1min21s179. Ficou à frente do finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que obteve a marca de 1min21s347, apenas três milésimos de segundo de vantagem para o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

O piloto tailandês Alexander Albon, da Red Bull, completou a ordem das três equipes mais rápidas do grid ao finalizar em sexto lugar com o tempo de 1min21s589. O primeiro do "resto da Fórmula 1" foi o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, na sétima posição. Ele foi seguido pelo compatriota Romain Grosjean, da Haas, pelo australiano Daniel Ricciardo, da Renault, e pelo russo Daniil Kvyat, também da Toro Rosso, para fechar o Top 10.

A chuva, que atrapalhou muito o desempenho dos pilotos na atividade da manhã em Monza, chegou a dar as caras na sessão da tarde, mas de forma um tanto tímida, de modo que o segundo treino livre não chegou a ser muito prejudicado. Ele só foi interrompido uma vez, mas para a limpeza da pista por conta de pedras que ficaram no traçado após o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, ir além da pista.

Os pilotos voltarão a acelerar em Monza neste sábado com o terceiro treino livre às 7 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 10 horas (de Brasília). A largada para o GP da Itália será às 10h10 do domingo. "É agradável ser o mais rápido, mas não acredito que esta classificação seja real", disse Leclerc. "As Mercedes serão muito fortes", disse Leclerc.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.