Ronald Wittek/EFE
Ronald Wittek/EFE

Charles Leclerc reafirma força da Ferrari e lidera o 3º treino livre na Alemanha

Jovem piloto monegasco liderou todas as atividades no circuito até agora; treino classificatório acontece às 10h

Redação, Estadão Conteúdo

27 de julho de 2019 | 09h36

Soberana nos dois primeiros treinos livres para o GP da Alemanha da Fórmula 1, a Ferrari manteve o bom desempenho da sexta-feira e liderou a terceira atividade neste sábado, no traçado de Hockenheim. O monegasco Charles Leclerc foi o mais rápido nos trabalhos, com o tempo de 1min12s380.

O jovem piloto de Monaco, assim, liderou todas as atividades no circuito alemão até aqui. Neste sábado, ele anotou o melhor tempo do final de semana e dominou o treino, marcado pela exclusão de vários tempos de volta de alguns pilotos por terem excedido os limites da pista. Leclerc foi decisivo a partir da segunda metade do treino, quando abaixou sua marca e não deu chances para seus rivais.

A Ferrari porém, não conseguiu repetir a dobradinha dos dois primeiros treinos livres pois o holandês Max Verstappen quebrou a boa sequência da escuderia italiana e colocou a Red Bull na segunda posição, 0s168 atrás de Leclerc. O local Sebastian Vettel apareceu no terceiro posto, com 1min12s644.

Por enquanto, a Mercedes, que corre em casa em Hockenheim e completa 125 anos de trabalho no motorsport, ainda não tem o que festejar, já que seus dois pilotos não ficaram entre os três primeiros. O finlandês Valtteri Bottas terminou em quarto lugar e o inglês Lewis Hamilton foi só o sexto colocado. A equipe apresentou uma pintura especial em seus carros para celebrar a marca histórica e espera melhorar sua performance para ter um resultado expressivo na Alemanha.

O pentacampeão mundial e líder do campeonato com 223 pontos - seu companheiro Bottas é o segundo - foi um dos pilotos que excedeu os limites da pista na saída da curva e, por isso, teve sua melhor volta anulada, caindo para nono. Com os pneus em condições ideais, Hamilton melhorou seu rendimento e ficou em sexto.

Entre os carros da Mercedes, na quinta colocação, apareceu o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, um dos destaques na prática. O espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, o francês Pierre Gasly, da Red Bull, o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, e o francês Romain Grosjean, da Haas, completaram os dez primeiros colocados na atividade que teve temperatura muito mais amena em relação as duas primeiras práticas.

Os pilotos da F-1 voltam à pista neste sábado, às 10 horas, para o treino classificatório que define o grid de largada. No domingo, a largada do GP da Alemanha, a 11ª etapa da temporada, está agendada para as 10h10.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.