Chefão da McLaren tranqüilo com dobradinha da Ferrari

O inglês Ron Dennis, chefão da escuderia McLaren, disse neste domingo não estar preocupado com uma eventual dobradinha da Ferrari no Grande Prêmio do Brasil, que encerra a atual temporada da Fórmula 1. Veja também: Hamilton vence na China, Massa é 2.º e adia decisão da F-1O inglês Lewis Hamilton, piloto da escuderia, tem sete pontos de vantagem na luta pelo Mundial com o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari. Entre os construtores, os italianos aparecem com 11 pontos de vantagem. "Não temos nenhum problema se Massa e Raikkonen chegarem em primeiro e segundo. Não acho que o carro deles seja superior, mas não nos preocupa", comentou o dirigente. Dennis lembrou que Hamilton não precisa vencer para ser campeão - entre as posições do pódio, o inglês perde o título se Massa chegar em primeiro e ele em sexto; ou se o brasileiro ficar em segundo e ele não pontuar. "Competiremos duramente nos treinos livres e na classificação, depois veremos que o que ocorre. Temos apenas que ser disciplinados, já que estamos em melhor posição, sete pontos à frente. O resultado depende dos outros carros, mas sabemos que temos que terminar, terceiro, quarto ou quinto", lembrou. O dirigente afirmou ainda que: "Nosso objetivo é encerrar a corrida e não ter necessidade de vencer. O mais importante é que não tenhamos problemas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.