Chefe da equipe Prodrive admite entrar na F-1 em 2010

BAHREIN - O empresário britânico David Richards, fundador da tradicional equipe Prodrive, voltou a mostrar interesse em entrar na Fórmula 1 em 2010.

EFE,

23 de abril de 2009 | 17h16

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especialConfira o calendário da temporada

especialESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

Richards afirmou que as novas regras criadas pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que promovem um corte de gastos, dão condições para que novas equipes entrem na categoria.

"Os primeiros sinais da FIA e da Formula One Management (FOM) são bem atraentes e podem iniciar uma verdadeira revolução no esporte", disse ao site da revista Autosport.

Richards ficou perto de comandar uma equipe de F-1 em 2009, mas desistiu de adquirir o espólio da Honda.

Agora, o ex-chefe de Benetton e BAR que está otimista com as mudanças na categoria. "Se as novas regras forem comercialmente viáveis, estaremos prontos para iniciar nosso projeto".

Richards ainda admitiu que a empresa Cosworth poderia fornecer os motores para a eventual equipe de F-1.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1David RichardsProdrive

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.