Chefe da Honda diz que prioridade da equipe é 2009

Ross Brawn quer utilizar temporada 2008 para construir um carro capaz de chegar ao pódio na Fórmula 1

Agência Estado,

27 de março de 2008 | 13h25

Os resultados obtidos pela Honda no início da temporada da Fórmula 1 não mudam o foco do chefe da equipe, Ross Brawn. Apesar do desempenho encorajador do time na Austrália e na Malásia, a prioridade ainda é desenvolver um bom carro para 2009 segundo o inglês. "Nosso programa de desenvolvimento para 2009 já começou e temos colocado cada vez mais recursos nele", afirmou Brawn, que prevê uma decisão a ser tomada pela equipe nos próximos meses, entre continuar com o próximo ano como prioridade ou disponibilizar mais recursos para o atual modelo, o RA108. "A nossa decisão tende a ser favorável ao desenvolvimento para 2009, porque é lá que está o nosso futuro, e há limitações nas mudanças que podemos fazer com o carro atual", explicou o inglês. Depois de uma temporada encorajadora em 2006, quando marcou 86 pontos e conquistou uma vitória, com Jenson Button, na Hungria, a equipe caiu para a últimas posições do grid em 2007. Além de virar piada na categoria, marcou apenas seis pontos - todos com Button - e levou Rubens Barrichello à pior temporada da carreira na Fórmula 1. Na atual temporada, apesar do fraco desempenho nos testes do inverno europeu, a escuderia reagiu. Barrichello chegou a andar em terceiro na Austrália e cruzou em sexto, antes de ser desclassificado por sair dos boxes com a luz vermelha acessa; Button terminou o GP da Malásia em décimo, e foi o quarto no ranking de voltas mais rápidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Honda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.