REUTERS/Dominic Ebenbichler
REUTERS/Dominic Ebenbichler

Chefe da Mercedes diz que carro novo é 'espetacular', mas prevê riscos

Apesar de grande mudança na categoria, Toto Wolff mostra empolgação e acredita no tetracampeonato do Mundial de Construtores em 2017

Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 11h30

Chefe da tricampeã Mercedes, Toto Wolff não esconde a empolgação com o novo carro da equipe, que busca o tetracampeonato do Mundial de Construtores da Fórmula 1 neste ano. Para Wolff, que ainda não lançou o modelo 2017, o carro é "espetacular", mas embute riscos em razão das diversas mudanças no regulamento técnico do campeonato.

Por causa das novidades para 2017, os carros da F1 devem ficar maiores e mais velozes, além de contar com pneus mais largos. "Estou muito empolgado para ver como andará o novo carro porque esperamos que seja mais rápida e ele parece espetacular", diz Wolff, a poucas semanas do lançamento do novo monoposto da Mercedes, marcado para o dia 23.

O dirigente acredita que as mudanças no regulamento técnico trarão novidades na disputa. "Será um trabalho mais físico para os pilotos. Com estas mudanças no regulamento, sempre surgem novas oportunidades. E riscos", alerta o chefe da Mercedes.

Apesar de sugerir dúvidas sobre a hegemonia da sua equipe na F1, Wolff mantém a confiança no potencial da Mercedes para brigar novamente pelos títulos, tanto do Mundial de Pilotos quanto do Mundial de Construtores.

"Estabelecemos metas bem agressivas para o que achamos que deve ser o novo carro, e também quanto ao rendimento do motor. Estamos forçando ao máximo para atingir estes objetivos, mas estes objetivos serão suficientes? Ou outras equipes trabalharão melhor que nós? Não sabemos", pondera Wolff.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Mercedes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.