Chefe da Renault pede empenho e dá bronca em Fisichella

A vida do italiano Giancarlo Fisichella, quarto colocado no último Mundial, está cada vez mais complicada na Renault. Nesta segunda-feira, o chefe da escuderia francesa, Flávio Briatore, mandou outro recado para o piloto, pedindo para que ele "trabalhe mais duro na equipe".Caso Fisichella não se empenhe, o dirigente acredita que ficará bem complicado para acompanhar o ritmo do bicampeão Fernando Alonso, que nesse ano correrá pela McLaren. "O Fisichella tem talento, mas precisa de concentração e de integração com os mecânicos", afirmou Briatore.O chefe da Renault ainda contou que Fisichella não tem confiança em seu próprio potencial. "Ele não só precisa melhorar sua forma de encarar as provas, como também acreditar nele mesmo. Quando a corrida está complicada, Fisichella não pode se dar por vencido e pensar que terá outra etapa pela frente." Fisichella, que tem contrato com a Renault até o final desta temporada, havia recebido uma advertência em dezembro do ano passado, quando Briatore afirmou que não renovaria o seu contrato para 2008 caso o desempenho neste ano fosse fraco.Alonso treinará na EspanhaA McLaren confirmou que o bicampeão Fernando Alonso participará dos primeiros treinos coletivos da temporada, que começarão nesta terça-feira, no Circuito da Comunidade Valenciana Ricardo Tormo, na Espanha. Ao todo, nove das onze escuderias que participam da Fórmula 1 estarão na pista.A Ferrari de Felipe Massa e a Honda de Rubinho também estarão presentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.