Divulgação/Sauber
Divulgação/Sauber

Chefe da Sauber comemora acordo com Alfa Romeo para o próximo ano

Frederic Vasseur insinua influência da Ferrari em acordo que fará a equipe ganhar o nome do patrocinador master

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2017 | 19h18

O chefe da Sauber, Frederic Vasseur, comentou nesta quinta-feira o acordo firmado com a Alfa Romeo. O dirigente sabe das dificuldades que a sua equipe vem enfrentando, mas acredita que o carro poderá buscar melhores posições em 2018.

+Fórmula E cancela corrida de São Paulo

+ Alfa Romeo volta à categória após 33 anos

"Sinto orgulho dessa equipe. A vida não é fácil quando se está atrás. Estamos nos desenvolvendo. Estamos em um bom caminho. Fizemos algumas melhorias no carro na fábrica. Milagres não acontecem no estalo de dedos. Sucesso é sempre a junção de pequenos fatores. Estou bastante esperançoso, especialmente quando agora temos a Alfa Romeo de parceiro", comemorou.

A Alfa Romeo anunciou na última quarta-feira que será patrocinadora master da Sauber a partir de 2018. Assim, o time suíço mudará de nome para Alfa Romeo Sauber F1 Team, reforçando o seu vínculo com a Ferrari.

A Sauber não revelou maiores detalhes sobre o trabalho em conjunto. O acordo não prevê fornecimento de motores, por exemplo. A escuderia continuará a usar motores Ferrari, como vem fazendo nas últimas temporadas.

Frederic Vasseur, no entanto, não quis informar sobre como será a definição dos pilotos para a próxima temporada. Os dois carros da escuderia ainda não tiveram o nome confirmado. A expectativa é que a Sauber se torne quase que uma equipe B da Ferrari, como acontece entre Red Bull e Toro Rosso.

Questionado sobre participação da Ferrari na definição dos pilotos, o dirigente minimizou. "Vamos sentar e discutir". Nesta temporada, os pilotos foram o sueco Marcus Ericsson e o alemão Pascal Wehrlein. Nenhum dos dois está confirmado para a temporada de 2018.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Sauber Sauber Escuderia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.