Chico Serra deve ter alta hoje

O piloto de Stock Car Chico Serra e o piloto da Fórmula Chevrolet Rafael Motta, que se acidentaram gravemente ontem, durante a sexta etapa do campeonato, em Interlagos, deverão ter alta esta tarde do Hospital São Luiz, onde estão internados desde ontem. Os médicos aguardam o resultado de exames complementares para liberar Serra. O quadro de Serra é estável, segundo o último boletim médico divulgado pelo hospital. O exame neurológico de Motta também mostrou-se normal. Chico Serra, líder do campeonato, foi o pole position da prova. Na largada, ele foi ultrapassado pelo paranaense Antônio Jorge Neto, que estava em terceiro no grid. Na disputa, as rodas dos carros se tocaram. Neto rodou e parou no muro. Já Serra chocou-se com o carro do piloto Paulo Gomes, rodopiando e ficando parado na pista. Os pilotos Sandro Tannuri e Carlos Faletti, que vinham atrás, não conseguiram se desviar do carro de Serra e bateram de frente com o piloto. Já o piloto da Fórmula Chevrolet Rafael Motta foi mantido em observação ontem à noite por causa de uma dor cervical persistente. Motta bateu em Alexandre Miranda durante a prova. Carlos Faletti ficou internado em observação até hoje de manhã, quando recebeu alta, após passar por uma outra avaliação clínica e neurológica. Os pilotos Sandro Tannuri e Alexandre Miranda também foram encaminhados ao São Luiz, para passar por avaliação clínica e fazerem exames complementares radiológicos e tomográficos. Eles foram liberados ontem mesmo pelos médicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.