Alpine
Alpine

Chinês Guanyu Zhou vai participar de treino livre pela Alpine no GP da Áustria

Piloto da China vai assumir o carro do espanhol Fernando Alonso no circuito Red Bull Ring

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2021 | 08h18

O piloto chinês Guanyu Zhou vai participar da primeira sessão de treinos livres do GP da Áustria, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, com a Alpine nesta sexta-feira. Zhou é membro da Alpine Academy e se tornará apenas o segundo piloto da China a participar de um final de semana de uma etapa da Fórmula 1.

Ma Qinghua é o único piloto chinês que já esteve envolvido em uma sessão de treinos da categoria, participando de cinco sessões de treinos livres com as equipes HRT e Caterham em 2012 e 2013, respectivamente.

Zhou, que assumirá o carro do espanhol Fernando Alonso, disse estar emocionado. “Pilotar no TL1 em um final de semana de GP de F1 é como um sonho se tornando realidade e mais um passo em direção ao meu objetivo final de me tornar um piloto de Fórmula 1. Vai ser um momento muito especial. Estou me preparando o máximo que posso para estar pronto e também garantindo que serei capaz de cumprir todas as metas e planos que a equipe me determinou para fazer”, comentou.

“Não tem havido muitos pilotos chineses na Fórmula 1, então estar ao volante de um carro de F1 durante um fim de semana de corrida, será motivo de muito orgulho. Vai ser ainda mais especial eu pilotar o carro de Fernando, pois ele me inspirou a seguir uma carreira no automobilismo quando eu era jovem. Meu objetivo é maximizar esta oportunidade e estou realmente ansioso por isso”, completou.

Zhou ingressou na Academia da equipe Alpine no início de 2019, após três anos consecutivos no Campeonato Europeu de Fórmula 3, registrando cinco pódios em sua temporada de estreia na Fórmula 2 naquele ano.

Ao vencer uma corrida em Sochi, na Rússia, na Fórmula 2 no ano passado, ele se tornou o primeiro piloto da China continental a vencer uma corrida internacional de monoposto, terminando em sexto no campeonato. O jovem de 22 anos lidera atualmente a classificação da F2 deste ano após três etapas, com duas vitórias no Bahrein e em Mônaco, e mais dois pódios.

Laurent Rossi, CEO da Alpine, falou sobre Zhou. “O desafio para os jovens pilotos entrarem na F1 é incrivelmente difícil e estamos orgulhosos de apoiar os novos talentos nessa caminhada”, afirmou.

“Em sua função de piloto de testes, Guanyu participou de sessões de teste e simulador, portanto, fazer um treino livre em um carro atual, é um passo lógico e importante para uma das estrelas mais brilhantes da Academia. Esta experiência o ajudará muito, pois ele faz um progresso muito consistente em direção ao seu objetivo, que é conseguir um lugar como piloto titular na F1”, concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Guanyu ZhouFórmula 1Fernando Alonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.