Chuva atrapalha corrida dos brasileiros em Xangai

Tanto Massa quanto Barrichello reclamaram da água que atrapalhou a estratégia para a corrida

07 de outubro de 2007 | 11h13

Longe da briga pelo campeonato e também pela vitória no GP da China deste domingo, o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, se mostrou conformado com o terceiro lugar conquistado em Xangai. "Foi uma corrida difícil, mas muito competitiva desde o começo. Infelizmente não deu para disputar a vitória, mas chegar no pódio é sempre bom, porque ajuda a equipe com mais pontos."   Veja também: Hamilton abandona e Kimi Raikkonen vence GP da China   Boa parte do resultado, aquém do esperado pelo brasileiro, veio por causa da estratégia de pit-stops, sobre tudo o segundo, quando ele colocou pneus para pista seca, pouco antes de uma chuva rápida voltar a cair sobre o circuito, o que praticamente lhe tirou qualquer chance de vitória.   "Optamos por pneus para pista seca, mas começou a chover e foi difícil manter o carro na pista. Depois, a chuva parou e minha corrida começou. Ganhei ritmo, mas não conseguiria passar o [Fernando] Alonso e terminar em segundo", lamentou o brasileiro, que está com 86 pontos, em quarto no campeonato.   Barrichello também reclama da chuva na hora errada   Rubens Barrichello mais uma vez fez uma corrida apagada e terminou o GP da China na 15.ª posição. Assim como Masa, o brasileiro da Honda reclamou da estratégia errada no momento da chuva. "Infelizmente, tomamos uma decisão que comprometeu as chances de uma boa corrida."   "Quando a chuva começou, após minha primeira parada, achei que a prova seguiria com chuva até o fim, então entrei e coloquei pneus para pista molhada, o que se mostrou um grande erro. Foi um fim decepcionante, mais uma vez, e agora penso na corrida no Brasil", completou.   No GP do Brasil, Barrichello precisa terminar pelo menos em sétimo para superar a sua pior pontuação na carreira. Em seu ano de estréia, em 1993, pela Jordan, o brasileiro acabou o campeonato com dois pontos, graças a um quinto lugar na penúltima prova daquele ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da China

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.