Chuva atrapalha Indy na Europa

A direção da Fórmula Indy já começa a repensar as datas das provas européias da temporada do ano que vem por causa das chuvas. O mau tempo impediu a realização das duas sessões de treinos livres programadas para esta quinta-feira no circuito de Rockingham, em Corby, na Inglaterra, local da décima-sexta etapa da temporada.Na semana passada, a prova de Lausitz, na Alemanha, também sofreu com as chuvas, que só pararam na sexta-feira à tarde, permitindo apenas duas horas de treino. Nos dois dias anteriores e nos dois subsequentes à corrida, choveu em Lausitz. No sábado, o sol apareceu e a corrida pôde ser realizada. Para esta sexta-feira, a previsão é de tempo nublado e a Cart já mudou os horários de treinos para permitir que os pilotos andem. Nesta quinta-feira, eles fizeram poucas voltas com um pace-car.Para o ano que vem, a Cart estuda uma mudança nas datas das provas européias. "Morei aqui na Inglaterra cinco anos e sei que o tempo é úmido e chuvoso o tempo inteiro nessa época do ano", diz Gil de Ferran, vice-líder do campeonato, que disputou categorias inglesas no meio da década passada.Os executivos da Cart não divulgam nada oficialmente, mas a demora para a divulgação do calendário 2002 também está relacionado a uma nova configuração para o calendário. As provas européias poderiam passar para o primeiro semestre. Entre junho e julho, a Cart tradicionalmente faz uma seqüência de provas em território norte-americano, para aproveitar o verão. Neste ano, foram sete provas nos dois meses.Com isso, sobraria para a Europa o mês de maio, já que a categoria perde uma semana para se locomover dos EUA para o continente americano.Como a prova brasileira dificilmente será realizada no ano que vem, há um espaço maior no calendário. "Por enquanto não temos nada oficial. Só o que sabemos é que Monterrey será a prova de abertura", diz Ron Richards, vice-presidente de comunicação e marketing da entidade.Em Corby, o problema da pista é maior. A chuva caiu de madrugada e parou pela manhã. Um sol tímido apareceu, a Cart usou as turbinas de avião para tentar secar a pista, mas ainda sim ela ficou úmida. "A água minava da pista quando os carros passavam". No final da tarde, voltou a chover, o que quase inviabiliza os treinos oficiais desta sexta-feira. Se eles não forem realizados, o grid da prova de sábado seguirá as posições dos pilotos na classificação da temporada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.