Chuva torna GP do Brasil imprevisível, diz Rosberg

'Hamilton tem muito a perder, enquanto Massa não tem nada a perder', afirma o piloto da Williams

Thiago Arantes, Agencia Estado

28 de outubro de 2008 | 12h25

 SÃO PAULO - Piloto da Williams, Nico Rosberg participou de um evento promocional na manhã desta terça-feira, em São Paulo, e repetiu que Hamilton é mesmo o favorito ao título, pois está sete pontos na frente de Massa. "Ele tem a vantagem e tem um carro que parece estar em melhores condições", afirmou o alemão, ao constatar o melhor desempenho da McLaren do inglês diante da Ferrari do brasileiro.  Veja também: Blog do Livio Oricchio: Notícias e bastidores da F-1  Vote: quem leva o título da F-1: Hamilton ou Massa?  Classificação do Mundial de Pilotos e de Construtores  Nico Rosberg, no entanto, fez uma ressalva ao comentar sobre quem será o campeão da temporada 2008 da Fórmula 1. "Existe possibilidade de chuva e tudo pode acontecer", lembrou o alemão, admitindo também que a pressão está toda sobre Hamilton. "Ele tem muito a perder, enquanto Massa não tem nada a perder."O alemão da Williams não descartou a possibilidade de alguma manobra suja durante o GP do Brasil - no caso, seria do outro piloto da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, para tirar Hamilton da corrida, o que aumentaria a chance de Massa ser campeão. "É possível, pode ser que aconteça. Os pilotos podem tentar sem parecer que estão fazendo isso", avisou Nico Rosberg.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do BrasilNico Rosberg

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.