Cinema revive temporada de 1976 da F-1, com os pegas de Lauda e Hunt

Foi naquela temporada que Lauda sofreu acidente que queimou parte do seu corpo

O Estado de S. Paulo

09 de abril de 2013 | 12h38

SÃO PAULO - Uma das disputas mais emocionantes da F-1 ao longo dos anos vai virar filme no cinema. Trata-se do pega na temporada de 1976 entre o austríaco Niki Lauda e o britânico James Hunt. Os dois melhores pilotos de então protagonizaram disputas acirradas nas pistas. O filme já tem até nome: Rush, cujo trailer já pode ser visto nas redes sociais e internet. A competição de 1976 foi também marcada pelo acidente no GP da Alemanha, em Nurburgring, com Niki Lauda, que quase perdeu a vida. O piloto rodou e foi atingido por um colega que vinha atrás. Seu carro pegou fogo e Lauda teve parte do corpo queimado, com queimaduras de terceiro grau. Dois corridas depois, lá estava o corredor de volta à pista.

Niki Lauda queria ser campeão, mas não conseguiu. Hunt ganhou o campeonato porque Lauda também se recusou a correr na posta molhada do GP do Japão, o último do calendário. Ele ainda se recuperava do terrível acidente. Mesmo assim Hunt ganhou por apenas um ponto na classificação. O recupera bastidores daquela temparada e o estilo de vida dos pilotos, sempre acompanhados de lindas mulheres.

Daniel Bruhl interpreta Niki Lauda e Chris Hemsworth assume o papel de Hunt. A direção é de Ron Howardk, o mesmo de Bastardos Inglórios, Apolo 13 e Uma Mente Brilhante. O filme deve chegar aos cinemas em setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.