Cingapura é mais difícil que Mônaco, diz Lewis Hamilton

O inglês Lewis Hamilton, líder do campeonato da Fórmula 1, confessou nesta sexta-feira que se surpreendeu com as dificuldades encontradas no circuito de Cingapura. Para o piloto da McLaren, a pista exige duas vezes mais preparo físico do que a de Mônaco."É preciso fazer muita força dentro do carro para se chegar a uma boa volta. Eu diria que a pista exige o dobro de energia do que Mônaco. Uma volta aqui é tão cansativa quanto duas lá", comparou Hamilton, que fechou o dia com o melhor tempo, obtido na primeira sessão - na segunda, terminou atrás de Fernando Alonso.Sobre a cidade e o sistema de iluminação - a prova de domingo será a primeira noturna do Mundial -, Hamilton foi só elogios. "É um lugar fantástico e as luzes não me causaram problema nenhum", afirmou.

AE, Agencia Estado

26 de setembro de 2008 | 15h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.