Circuito das Américas, nos EUA, receberá a Fórmula 1 e a MotoGP

Nova pista de Austin foi batizada em anúncio de acordo com a categoria de motos

estadão.com.br

13 de abril de 2011 | 12h26

SÃO PAULO - O novo autódromo que está em construção na cidade de Austin, estado do Texas, nos Estados Unidos, já tem nome: será o Circuito das Américas. Com 5,472 km de extensão, ele receberá provas da Fórmula 1 e também da MotoGP, em acordo anunciado nesta terça-feira.

O complexo para 120 mil torcedores, que tem mais de 900 acres de extensão e investimento de mais de US$ 250 milhões (cerca de R$ 400 milhões), receberá as corridas da principal categoria de motos (e todos os eventos suporte, como a Moto2) por dez anos, a partir de 2013.

A nova pista de Austin tem previsão de inauguração para o ano que vem, com a F1, em data a ser anunciada futuramente. Atualmente, a MotoGP corre nos EUA em Laguna Seca e em Indianápolis - palco, aliás, da última corrida da Fórmula no país, em 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.