Cirino é o campeão da Fórmula Truck

Poucos acreditariam que um piloto que sofre nove fraturas na perna e fica 104 dias longe das pistas pudesse se recuperar nas últimas duas provas do campeonato e ainda conquistar o título. Isso aconteceu neste domingo, na última etapa da Fórmula Truck. Em Brasília, Wellington Cirino, da Mercedes, cruzou a linha de chegada em terceiro lugar e tornou-se o primeiro tricampeão da categoria ? havia vencido em 2001 e 2003.Cirino terminou a competição com 100 pontos, na frente de Roberval Andrade (Scania), que teve 91, e Djalma Fogaça (Ford), com 61. Na prova deste domingo, Roberval saiu da 22ª posição e venceu, com Jonatas Borlenghi em segundo lugar.O campeão desceu do caminhão chorando muito e admitiu que após a cirurgia, em julho, pensou em desistir. ?No hospital pensei em parar, mas meu pai me deu uma força e logo depois repensei?, contou Cirino.No pódio, o piloto da Mercedes lembrou do acidente no treino livre de Londrina que o tirou de três etapas da Truck. ?Na minha cabeça passou aquele filme do dia do acidente. O que me assustou foi o caminhão pegando fogo. Minha perna estava quebrada e presa, mas eu sabia que ia ficar boa?, revelou Cirino.Na próxima quinta-feira o campeão volta para Londrina, onde colocará enxerto na tíbia, além de tirar uma placa da fíbula e dois parafusos do calcanhar. ?Devo ficar outros cinco dias no hospital e em 60 dias devo estar sem muletas?, explicou Cirino. Mas voltar a entrar no caminhão só mesmo na temporada de 2006 da Truck. ?Deve ser em Caruaru, na primeira etapa, em março.?Roberval Andrade, o vice-campeão, ficou satisfeito com o resultado. ?Foi uma temporada atípica para todos. O Cirino ficou fora três corridas e ainda era líder. Eu acabei perdendo cinco corridas. Hoje, fiz o que podia fazer, e me doei o máximo. Nunca tinha andado neste limite?, afirmou o piloto, após a vitória em Brasília.Na competição de marcas, a Scania foi a campeã, com 164 pontos, seguida da Volkswagen, com 138, e Ford e Mercedes, empatadas com 136 pontos.

Agencia Estado,

11 de dezembro de 2005 | 17h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.