Lionel Cironneau/AP
Lionel Cironneau/AP

Cofundador do YouTube é investidor primário da USF1

'Estamos subindo um degrau acima no projeto e isto é uma tremenda oportunidade', diz Chad Hurley

AP

20 de agosto de 2009 | 11h51

SÃO PAULO - A novata USF1 confirmou que o cofundador do YouTube Chad Hurley é um de seus investidores primários para a temporada de estreia na Fórmula 1, em 2010.

Veja também:

linkFIA mantém Kers e título por pontos para 2010

"Eu estou emocionado em fazer parte da primeira equipe americana de Fórmula 1 em mais de 40 anos", disse Hurley ao autosport.com. "Estamos subindo um degrau acima no projeto com este lado e isto é uma tremenda oportunidade, e eu vejo à minha frente que ajudamos da melhor forma a USF1 na visão corporativa e nas estratégias para os anos que virão".

Hurley é o chefe executivo do YouTube, portal de vídeos que se tornou um fenômeno global avaliado em US$ 1,65 bilhão (cerca de R$ 3 bilhões).

Ele diz que trabalha para adicionar sua experiência corporativa e o planejamento de mídia na equipe, com a expectativa dos vídeos serem "grande parte do que somos e da USF1". "Eu vejo um tremendo potencial em todos os esportes para a integração de mais mídias, mais conexões sociais, conectando com os fãs e ampliando essa base".

"Felizmente nós criamos um índice de obrigações com os indivíduos ao redor do mundo e temos oportunidade de sermos vistos e fazer, e sentimos realmente que isso é parte da equipe", emenda.

A USF1, com sede em Charlotte (Estados Unidos), é uma das três novas equipes adicionadas ao campeonato do próximo ano, que passará a ter 26 carros.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1USF1Youtube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.