Marocs Brindicci / Reuters
Marocs Brindicci / Reuters

Com 19 etapas, MotoGP anuncia o calendário provisório da temporada de 2019

Temporada começará com corrida noturna no Catar e terá três semanas de pausa até a segunda, na Argentina

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2018 | 11h02

A Federação Internacional de Motociclismo (FIM, na sigla em inglês) anunciou nesta terça-feira o calendário provisório da temporada de 2019 da MotoGP, a principal categoria da modalidade. Com as mesmas 19 etapas deste ano, e na mesma ordem, a entidade resolveu antecipar em uma semana o início da competição no ano que vem e concedeu um período maior para as "férias de verão" entre julho e agosto.

A temporada de 2019 terá início no dia 10 de março com a corrida noturna no Catar, fazendo com que o período para a segunda etapa, no circuito de Termas de Rio Hondo, na Argentina, seja agora de três semanas de diferença (31 de março).

Na metade da temporada, a MotoGP terá o período de descanso por causa do verão na Europa. A Alemanha receberá a nona etapa do calendário no dia 7 de julho e as motos só voltarão às pistas em 4 de agosto para a disputa da prova na República Checa. A última corrida será em Valência, na Espanha, no circuito Ricardo Tormo), em 17 de novembro.

Para o dia 25 de agosto está confirmada a etapa da Grã-Bretanha, no circuito de Silverstone. Neste ano, pela primeira vez desde 1980, uma prova da MotoGP foi cancelada por causa da chuva que não parou de cair durante todo o domingo na pista inglesa.

Nesta temporada, após 12 etapas realizadas, a liderança está com o espanhol Marc Márquez, com 201 pontos. Tem boa vantagem para o italiano Valentino Rossi, que somou 142 até agora. A próxima corrida será neste domingo em San Marino, no circuito de Misano.

 

Confira o calendário provisório de 2019 da MotoGP:

10 de março: Catar (Losail)

31 de março: Argentina (Termas de Río Hondo)

14 de abril: Américas (Austin)

5 de maio: Espanha (Jérez de la Frontera)

19 de maio: França (Le Mans)

2 de junho: Itália (Mugello)

16 de junho: Catalunha (Barcelona)

30 de junho: Holanda (Assen)

7 de julho: Alemanha (Sachsenring)

4 de agosto: República Checa (Brno)

11 de agosto: Áustria (Spielberg)

25 de agosto: Grã-Bretanha (Silverstone)

15 de setembro: San Marino (Misano)

22 de setembro: Aragón (Motorland Aragón)

6 de outubro: Tailândia (Buriram)

20 de outubro: Japão (Motegi)

27 de outubro: Austrália (Phillip Island)

3 de novembro: Malásia (Sepang)

17 de novembro: Valência (Ricardo Tormo)

 
Mais conteúdo sobre:
MotoGP [motovelocidade]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.