Kamran Jebreili/AP
Kamran Jebreili/AP

Com direito a batida com Grosjean, Bottas lidera treinos livre em Abu Dabi

Finlandês da Mercedes domina as duas sessões, apesar de se envolver em acidente com francês

Redação, Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2019 | 12h34

O finlandês Valtteri Bottas foi o protagonista desta sexta-feira no circuito Yas Marina. Depois de liderar a primeira sessão de treinos livres, o piloto da Mercedes repetiu a dose e com o tempo de 1min36s256 foi o mais rápido no segundo treino livre para o GP de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, a 21.ª e última etapa da temporada de 2019 da Fórmula 1.

Mas não foi só pelo desempenho na pista que fez Bottas, já garantido como vice-campeão do Mundial de Pilotos, ser o protagonista da atividade que começou no final da tarde e invadiu o começo da noite em Abu Dabi. O finlandês teve acidente evitável, batendo na Haas do francês Romain Grosjean ao tentar ultrapassá-lo na curva 11. Ambos os carros ficaram consideravelmente danificados, mas os pilotos não tiveram qualquer ferimento.

Com a batida, a bandeira vermelha foi acionada e o treino livre ficou interrompido por alguns minutos. A atividade seguiu normalmente com pouco mais de 10 minutos restantes no cronômetro, dando pouco tempo de pista aos outros pilotos.

Hexacampeão mundial, o inglês Lewis Hamilton completou a dobradinha da Mercedes com o tempo de 1min36s566, melhorando o seu tempo obtido no primeiro treino livre, quando ficou com a terceira colocação. O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, que pintou com potencial para superar os carros da equipe alemã, marcou a melhor parcial nos dois primeiros setores, mas errou no final e ficou em terceiro com 1min36s642.  

Logo em seguida veio o seu companheiro de Ferrari e rival Sebastian Vettel, da Alemanha, que cravou o tempo de 1min36s691. Quem completou o Top 5 na segunda sessão de treinos livres, com 1min36s807, foi o holandês Max Verstappen, da Red Bull, que havia terminado a primeira atividade em segundo lugar.

Companheiro de Verstappen, o novato tailandês Alexander Albon foi o sexto, à frente de Grosjean, que conseguiu o sétimo lugar apesar da batida com Bottas na parte final da atividade. O mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, foi o oitavo, superando o russo Daniil Kvyat, nono a bordo da Toro Rosso. O francês Pierre Gasly, segundo colocado no GP do Brasil, completou o Top 10.

Os pilotos voltarão a acelerar em Abu Dabi neste sábado com o terceiro treino livre às 7 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 10 horas (de Brasília). A largada para a corrida será às 10h10 do domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.