Tom E. Puskar / AP
Tom E. Puskar / AP

Com dobradinha da Ganassi em Mid-Ohio, Dixon vence e volta a sonhar com título

Brasileiros Matheus Leist e Tony Kanaan não tiveram bom final de semana na Fórmula Indy

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2019 | 21h30

Numa dobradinha da equipe Chip Ganassi, Scott Dixon superou o companheiro de equipe, o novato Felix Rosenqvist, neste domingo, para faturar a etapa de Mid-Ohio, a 13ª desta temporada da Fórmula Indy. Com a vitória - a sua sexta no circuito -, o neozelandês volta à disputa para defender seu título na categoria.

Dixon venceu por míseros 0,0934 segundos, a menor diferença entre os dois primeiros colocados na chegada já registrada no circuito misto de Mid-Ohio Sports Car Course, a terceira na história dos circuitos de rua da Indy.

O piloto da Chip Ganassi - equipe que quebrou um jejum de quatro anos sem dobradinha no pódio - é agora o terceiro em triunfos na carreira, com 46 primeiros lugares. Já o segundo lugar neste domingo, o sueco Rosennqvist, perdeu a chance de vencer pela primeira vez na Indy. O pódio foi completado pelo norte-americano Ryan Hunter-Reay, da Andretti.

Já o australiano Will Power, que largou na pole position, terminou em quarto lugar. O piloto da Penske teve problemas na parada da volta de número 41, com uma duração de 14,9 segundos que lhe custou uma melhor colocação no fim.

Para os brasileiros, o fim de semana não foi dos melhores. Matheus Leist, da AJ Foyt, chegou apenas na 18ª posição. Seu colega de equipe, Tony Kanaan, foi o vigésimo. "Foi uma corrida difícil para nossa equipe aqui em Mid-Ohio, e decepcionante, se considerarmos que a gente teve bom rendimento nos treinos livres, ficando com a sétima colocação na sexta-feira. Sofremos com a alta degradação dos pneus e, por conta disso, nosso ritmo de prova ficou aquém do esperado", afirmou Leist.

A ponta da tabela ainda está com o também norte-americano Josef Newgarden, que terminou a prova apenas em 14º neste domingo e está com 504 pontos. A diferença de Newgarden para o segundo, o compatriota Alexander Rossi, quinto lugar em Mid-Ohio, foi reduzida de 29 para 16 pontos. Terceiro no ranking, o francês Simon Pagenaud, chegou em sexto e tem 457 pontos, enquanto Dixon, em quarto, voltou a sonhar com o título ao chegar aos 442.

As disputas na Fórmula Indy agora terão uma pausa de três semanas e retornam no próximo dia 18 de agosto, com o GP oval de Pocono, 14ª etapa da competição.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula IndyScott DixonTony Kanaan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.