Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Com F1 em baixa na TV, GP do Brasil tem público maior em Interlagos neste ano

Apesar da queda de popularidade da Fórmula 1, o público brasileiro segue prestigiando o GP do Brasil. Na corrida deste ano, disputada no domingo, 136.410 pessoas compareceram ao Autódromo de Interlagos, em São Paulo, durante os três dias do evento. O número de torcedores é superior às provas de 2014 e 2013.

FELIPE ROSA MENDES, Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2015 | 13h45

No ano passado, 133.109 fãs de automobilismo estiveram presentes em Interlagos. A marca de 2014 é maior que a da temporada anterior, de 130.475, de acordo com a organização da prova. Em relação às corridas anteriores, é difícil estabelecer uma comparação direta porque antes de 2013 os números se referiam a cada dia do evento.

Mas o ano de 2013, em que o alemão Sebastian Vettel impôs forte domínio com sua Red Bull, foi atípico. Naquela corrida, comparecem 66.823 torcedores somente no domingo. Foi, então, o pior público em comparação aos quatro anos anteriores. Em 2012, a prova foi assistida por 69.984 no domingo. Em 2011 por 71.803, em 2010 por 72.631, em 2009 por 70.501 e 76.400 espectadores em 2008.

No GP do Brasil deste ano chamou a atenção as longas filas de espectadores horas antes da prova, algo incomum nas temporadas anteriores. Os ingressos, contudo, não se esgotaram. A boa presença de público surpreende por causa da queda de audiência da Fórmula 1 em nível mundial nos últimos anos.

Um dos pilotos mais experientes da categoria, o brasileiro Felipe Massa já demonstrou preocupação com a queda de popularidade das corridas. E cobrou mais ação dos dirigentes da F1. "Hoje em dia o mundo é totalmente voltado para o computador. E a Fórmula 1 faz muito pouco para conseguir ter a audiência em outros atos (plataformas)", disse o brasileiro no fim de semana, em Interlagos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.