Divulgação/Facebook
Divulgação/Facebook

Com Massa e Nelsinho, Brasil volta a disputar Corrida dos Campeões

Evento reúne os melhores pilotos do mundo de diversas categorias

Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2015 | 08h45

Dez anos após sua última participação na Corrida dos Campeões, que anualmente reúne os melhores pilotos do mundo de diversas categorias, o Brasil está de volta ao evento em 2015. Nesta segunda-feira, os organizadores revelaram que o time brasileiro será composto por Felipe Massa, que disputa a temporada da Fórmula 1, e Nelsinho Piquet, campeão da Fórmula E.

A Corrida dos Campeões tem disputas piloto contra piloto e país contra país em circuitos pequenos montados em parques, estádios de futebol ou até mesmo ginásios. O evento deste ano, entre 20 e 21 de novembro, vai acontecer no Estádio Olímpico de Londres, e já tem confirmada a participação de nomes como os alemães Sebastian Vettel (tetracampeão da Fórmula 1) e Nico Hülkenberg (campeão este ano em Le Mans), o norueguês Petter Solberg (campeão mundial de rali) e o espanhol Jorge Lorenzo (bicampeão da MotoGP), além dos veterano David Coulthard, pela equipe da casa, e Mick Doohan (australiano cinco vezes campeão das 500cc na motovelocidade).

Nelsinho Piquet entrou em meio à tantas estrelas depois de vencer a temporada inaugural da Fórmula E, numa corrida emocionante também em Londres. "A temporada tem sido brilhante para mim e não tem jeito mais legal de encerrar que voltando à Corrida dos Campeões. Tenho grandes memórias de Londres e Estou animado em competir ao lado do Felipe novamente e tentar colocar a bandeira brasileira no alto no estádio Olímpico de Londres", disse o filho do tricampeão da Fórmula 1 Nelson Piquet.

A última participação do Brasil na Corrida dos Campeões foi em 2005, no Stade de France, em Saint-Denis. À época, o País também foi representado por Massa (então na Sauber, em sua terceira temporada na Fórmula 1) e Nelsinho (que corrida na GP2). Na disputa individual, Massa foi eliminado nas quartas de final, por Jean Alesi, e Nelsinho pelo dinamarquês Tom Kristensen. Por países, o Brasil perdeu para os EUA de Jeff Gordon e Travis Pastrana, também nas quartas.

"Estou orgulhoso de voltar para a Corrida dos Campeões pela primeira vez em 10 anos. Eu realmente aproveitei minha aparição em Paris e estou ansioso por voltar e encontrar muitos dos melhores pilotos de todas as diferentes categorias", festejou Massa, que desde então organizou um evento de kart no Brasil. No ano passado, o Kart das Estrelas foi cancelado.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.