Com nova Ferrari, Massa reclama da pista de Valência

'A pista estava muito suja, o que torna difícil a compreensão exata da influência das novas peças no rendimento do carro', comenta o brasileiro

AE, Agência Estado

25 de junho de 2010 | 13h52

VALÊNCIA - O brasileiro Felipe Massa, que ficou em sétimo lugar no segundo treino livre para o GP da Europa, reclamou das condições da pista do circuito de Valência, na Espanha. Nas sessões desta sexta-feira, a Ferrari estreou novidades aerodinâmicas na parte traseira do carro e nos pneus.

Veja também:

linkFernando Alonso lidera segundo treino livre do GP da Europa

linkEscuderia USF1 é proibida de participar da Fórmula 1

linkFIA anuncia série de mudanças para a F-1 em 2011

linkPirelli fornecerá pneus à Fórmula 1 a partir de 2011

"A pista estava muito suja, o que torna difícil a compreensão exata da influência das novas peças no rendimento do carro. Nunca fiz uma volta limpa quando estava com novos pneus e pouco combustível e isto explica a minha posição", comentou Felipe Massa, que está na oitava colocação do campeonato, com 67 pontos, a 42 do líder da competição, o inglês Lewis Hamilton.

Entretanto, o piloto se mostrou satisfeito com o rendimento do seu carro. "Acho que demos um passo à frente em termos de desempenho e seremos competitivos neste final de semana. Espero poder lutar por um lugar entre os primeiros" disse Felipe Massa, que rodou na pista nesta sexta-feira e teve o seu carro rebocado até os boxes.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da EuropaFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.