Com nova roupagem, Interlagos faz últimos ajustes antes de receber pilotos da F1

Com o paddock recém-reformado, o autódromo de Interlagos recebeu nesta quarta-feira os últimos ajustes antes de receber os pilotos da Fórmula 1, que visitarão o local nesta quinta para entrevistas e compromissos de patrocinadores. Eles vão para a pista somente na sexta para os dois primeiros treinos livres do GP do Brasil.

FELIPE ROSA MENDES, Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2015 | 20h45

A maior parte dos ajustes foi realizada na área do pit lane. No fim da tarde, ainda era possível ver a organização reforçando a pintura na entrada dos boxes. Outra equipe varria o asfalto da área com um carrinho mecânico. Enquanto isso, as equipes seguiam montando suas estruturas nos boxes.

Atrás da área dos boxes, funcionários dos times já se mostravam ambientados no novo paddock, dois metros mais largo em toda sua extensão, em comparação à estrutura dos anos anteriores. Além do maior espaço para circulação, as equipes ganharam um novo prédio de convivência, onde mantêm escritório, cozinha, banheiros privativos e área para receber imprensa e convidados.

Nesta quarta-feira, mesas e cadeiras já estavam a postos na entrada das áreas de cada equipe, com decorações variadas, vasos de flores, freezers com bebidas e bancadas para café. Na McLaren, em temporada melancólica, fotos gigantes do espanhol Fernando Alonso e do inglês Jenson Button são exibidas diante das paredes de vidros, que dão novo charme ao rejuvenescido paddock.

O "estilo" do andar térreo do prédio das equipes contrasta com as obras por acabar do andar superior. O pavimento conta com estrutura com os tijolos ainda à mostra. A obra foi paralisada no fim de outubro, em razão do GP, e será retomada em 4 de janeiro. Faz parte da terceira fase da grande reforma pela qual passa Interlagos. E, pelo cronograma inicial, será entregue somente no próximo ano. A área vai receber a estrutura de serviços do "paddock club", área VIP localizada acima dos boxes das equipes.

A um custo de R$ 160 milhões, bancados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), via Ministério do Turismo, as obras no autódromo de Interlagos começaram ainda em 2014, com a troca do asfalto e ajustes em áreas de escape. Neste ano, foi realizada a segunda fase, que ampliou a área do paddock e construiu novo prédio atrás dos boxes para receber as equipes. Também foi erguido prédio de seis andares para sediar o novo centro operacional.

Para o próximo ano, serão derrubados a torre de controle e todo o prédio dos boxes, que conta ainda com o centro de imprensa e área VIP. Uma nova construção será erguida no local. Por consequência, as equipes ganharão boxes mais amplos e altos. Também serão mais numerosos. Com a reforma totalmente finalizada, em 2016, o paddock passará a contar com 28 boxes, cinco a mais que a atual estrutura.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do BrasilInterlagos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.