Mark Thompson/Getty Images/AFP
Mark Thompson/Getty Images/AFP

Com pista seca, Vettel supera Hamilton e é o melhor do 3º treino livre nos EUA

Seu companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, ficou com a segunda colocação - cravou 1min33s843

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 16h58

A terceira sessão de treinos livres de todas as etapas da temporada da Fórmula 1 costuma ser de poucos testes e pouca emoção para as equipes e para os fãs, que estão na espera pelo principal evento do sábado: o treino oficial de classificação. Mas o fator chuva alterou os planos no GP dos Estados Unidos, realizado no Circuito das Américas. A pista seca fez com que todos fizessem vários testes visando a formação do grid de largada, já que a sexta-feira foi muito chuvosa em Austin, no estado do Texas. Quem se deu melhor foi o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari.

Com pouco tempo para fazer testes - apenas uma hora de atividade -, as equipes promoveram uma correria para conseguirem deixar seus carros prontos para o treino oficial. Na busca por informações, realizado até simulações de corrida, Vettel foi o mais rápido com o tempo de 1min33s797. Seu companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, ficou com a segunda colocação - cravou 1min33s843.

Pensando no treino oficial de classificação, os dois pilotos utilizaram pneus ultramacios na atividade. Raikkonen ficou a maior parte do tempo na liderança e só foi ultrapassado por Vettel com pouco mais de dez minutos para o final da sessão.

Perto de ser pentacampeão mundial na Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton ficou em terceiro lugar, ainda na casa dos 1min33s - 1min33s870. O piloto da Mercedes também entrou na pista pensando no treino oficial de classificação e correu com pneus ultramacios. O seu colega de equipe, o finlandês Valtteri Bottas, ficou em quarto com 1min34s556.

Logo atrás na classificação geral do terceiro treino livre ficaram os carros da Red Bull, que preferiram fazer experiências para a corrida. Assim, só utilizaram os pneus ultramacios nos últimos 10 minutos. O holandês Max Verstappen terminou na quinta colocação (1min34s703) e o australiano Daniel Ricciardo foi o sexto (1min34s910).

A lista dos 10 primeiros colocados foi completada pelo monegasco Charles Leclerc, da Sauber; pelo mexicano Sergio Pérez, da Force India; pelo espanhol Carlos Sainz Jr., da Renault; e pelo francês Romain Grosjean, da Haas. O espanhol Fernando Alonso, da McLaren, ficou com a 20.ª e última posição.

 
 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.