Nelson Almeida/AFP
Nelson Almeida/AFP

Com recorde, Hamilton supera Vettel em Interlagos e crava 10ª pole do ano

Já campeão, piloto da Mercedes rouba posição do alemão da Ferrari, que vinha melhor nos treinos livres

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2018 | 16h46

Sob ameaça contínua de uma chuva que não chegou a cair com força, o treino classificatório para o GP do Brasil de Fórmula 1 foi disputado de forma intensa nesta tarde de sábado, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Após quatro quebras de recorde da pista, o primeiro lugar no grid ficou com o inglês Lewis Hamilton, com o tempo de 1min07s281, seguido pelo alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, com 1min07s374.

Esta é a terceira vez que Hamilton obtém a pole position no Brasil. Foi a décima no ano e a 82ª na carreira, ampliando o seu recorde na categoria. Pentacampeão antecipado, o piloto da Mercedes festejou bastante mais este feito, assim como o austríaco Toto Wolff, chefe da equipe. O brasileiro Emerson Fittipaldi, bicampeão mundial em 1972 e 1974, presente nos boxes da Mercedes, também comemorou a pole de Hamilton.

A segunda fila ficou formada pelos finlandeses do campeonato. Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton, largará em terceiro, com o tempo de 1min07s441, e Kimi Raikkonen, da Ferrari, com 1min07s456. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi o quinto (1min07s778).

No Q1, a primeira sessão do treino classificatório, o melhor tempo foi de Verstappen, com 1min08s205, seguido por Raikkonen e Vettel, que cravaram o mesmo tempo 1min08s452. Hamilton foi o quarto, com 1min08s464. O espanhol Fernando Alonso, que se despede da categoria no fim da temporada, fez apenas o 18º tempo (1min09s402) e foi eliminado do restante do treino. 

No Q2, o destaque foi Bottas, que quebrou o recorde da pista pela primeira vez no treino classificatório, ao marcar 1min07s727, superando o feito de Vettel no terceiro treino livre, pela manhã. O piloto da Ferrari voltou a andar forte e ficou com o segundo tempo (1min07s776). Hamilton, que por pouco não se envolveu em um acidente com o russo Sergey Sirotkin, da Williams, ficou mais uma vez em terceiro (1min07s795), seguido por Verstappen (1min08s017).

O Q3 foi marcado por um incidente protagonizado por Vettel. Ele se recusou a desligar o motor de sua Ferrari quando foi chamado para pesar o seu carro e acabou destruindo a balança. O episódio será investigado pelos comissários da prova. Hamilton também corre risco de ser punido em razão de uma manobra arriscada no início do treino em que quase acertou o russo Sergei Sirotkin. A manobra acabou atrapalhando o piloto da Williams.

A penúltima etapa da temporada 2018 da Fórmula 1 tem largada prevista para este domingo, às 15h10, em Interlagos.

Confira abaixo o grid de largada do GP do Brasil:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min07s281

2º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min07s374

3º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min07s441

4º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min07s456

5º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min07s778

6º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min08s296

7º - Charles Leclerc (MON/Sauber), 1min08s492

8º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min08s517

9º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min09s029

10º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min08s659

11º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min07s780*

12º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min08s741

13º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1min08s834

14º - Sergei Sirotkin (RUS/Williams), 1min10s381

15º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Renault), 1min09s269

16º - Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), 1min09s280

17º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min09s402

18º - Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min08s770*

19º - Lance Stroll (CAN/Williams), 1min9s441

20º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min09s601

* Pilotos que foram punidos e perderam posições no grid

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.