Com sorte, Scott Dixon vence primeira prova da Fórmula Indy

Brasileiro Tony Kanaan se envolve em acidente nas voltas finais e vitória cai nas mãos do piloto neozelandês

André Rigue, estadao.com.br

29 Março 2008 | 23h33

A sorte esteve ao lado do neozelandês Scott Dixon na noite deste sábado. O piloto, da equipe Chip Ganassi, venceu o GP de Homestead, em Miami (circuito oval), na primeira etapa da temporada 2008 da Fórmula Indy. Dixon só conseguiu a vitória porque o brasileiro Tony Kanaan, então na liderança, se envolveu num acidente e teve de abandonar a disputa quando faltavam poucas voltas para o final.   Veja também: Conheça os pilotos e as equipes da temporada 2008 Confira o calendário e o sistema de pontuação  Blog do Felipe Machado: Danica Patrick, uma bela piloto na Indy   Uma das rodas do carro de Kanaan quebrou depois que o retardatário Ernesto Viso tocou em seu veículo. O brasileiro tentou continuar mesmo com três rodas, mas acabou recebendo a bandeira preta e teve de deixar a disputa - a bandeira foi utilizada porque os organizadores acreditaram que o carro oferecia perigo aos concorrentes.   "Precisa terminar a corrida para ganhar. Foi uma grande falta de sorte", disse o Kanaan à TV Bandeirantes. "São coisas que acontecem. Nas corridas a gente perde muito mais do que ganha. Agora é hora de virar a página. Apesar de não ter terminado a disputa, foi um bom começo de temporada."   Nunca um brasileiro conseguiu vencer uma prova em Homestead. O mais bem colocado deste sábado foi Hélio Castroneves, da equipe Penske, em quarto lugar. Ele chegou mais de oito segundos atrás de Dixon. Completaram o pódio o norte-americano Marco Andretti, em segundo, e o britânico Dan Wheldon, em terceiro.   A temporada 2008 da Fórmula Indy traz muitas novidades. A principal delas é que a categoria fez uma fusão com a extinta Champ Car, o que deixou a disputa sobrecarregada, com 26 carros. E como era de se esperar, os pilotos que vieram da Champ Car enfrentaram problemas na primeira prova: o melhor foi Oriol Servia, em 12.º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.