Sahara Force India
Sahara Force India

Com status de nova 4ª força da F-1, Force India apresenta carro 'mais prateado'

Equipe divulga o VJM10 para a temporada de 2017

Estadao Conteudo

22 Fevereiro 2017 | 13h18

Depois de Williams, Sauber e Renault revelarem os seus modelos para esta temporada, a Force India se tornou a quarta equipe a apresentar o seu novo carro para a Fórmula 1 de 2017. O VJM10 trouxe um design com diferenças significativas em relação ao seu antecessor, fruto do novo regulamento técnico da categoria, assim como outra principal novidade visual que chamou a atenção o fato de que ganhou uma pintura predominantemente prateada.

Com este monoposto, cujo nome faz referência ao dono da equipe, o bilionário indiano Vijay Mallya, a Force India tentará defender o novo status que ganhou ao terminar o Mundial de Construtores de 2016 na quarta posição, ficando atrás apenas de Mercedes, Red Bull e Ferrari e ultrapassando a Williams, quinta nesta disputa no ano passado.

O novo carro foi apresentado no tradicional circuito de Silverstone, na Inglaterra, em um evento que contou com a participação do piloto mexicano Sergio Pérez, que entrará em sua quarta temporada pela Force India, e o francês Esteban Ocon, de apenas 20 anos. Membro da equipe de formação de pilotos da Mercedes, ele fará dupla titular com o seu experiente companheiro.

Ocon chegou para ocupar a vaga aberta pelo veterano piloto alemão Nico Hülkenberg, que foi para a Renault, e tentará ajudar Pérez a cumprir a meta de ao menos manter a equipe no Top 4 de forças da F-1 nesta temporada.

Junto com o mexicano, o francês revelou o novo carro da escuderia, que segue contando com os motores fornecidos pela Mercedes e trouxe um visual com alterações aerodinâmicas semelhantes às vistas também nos monopostos recém-lançados por Williams, Sauber e Renault. Entre elas estão o bico mais pontudo e afilado, assim como uma espécie de "barbatana de tubarão" na tampa do motor.

Ao falar sobre o novo carro, Vijay Mallya exibiu cautela ao dizer que é muito cedo para estabelecer metas esportivas para o campeonato de 2017, tendo em vista o novo regulamento técnico, que dará aos carros pneus traseiros mais largos para garantir maior aderências nas curvas, assim como prevê expressivo ganho de tempo de volta.

"Simplesmente repetir nosso nível de performance será uma grande tarefa por si só", ressaltou o chefe da equipe, para depois completar: "Eu não quero fixar metas ou alvos senão dizer que pretendemos manter o impulso que construímos nos últimos anos e levá-lo para a nova temporada. Há muitas incógnitas para dizer mais do que isso".

No ano passado, Pérez terminou o Mundial de Pilotos em sétimo lugar, tendo subido ao pódio nas corridas de Monaco e Baku. Ocon, por sua vez, disputou as últimas nove provas da temporada de 2016 pela nanica Manor, conquistando como melhor resultado o 12º lugar no GP do Brasil.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Force India

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.