Com título, Raikkonen acaba com a fama de azarado

Finlandês havia perdido duas chances de ser campeão, terminando com o vice-campeonato em 2003 e 2005

21 de outubro de 2007 | 16h24

Nascido na Finlândia, em Espoo, no dia 17/10/1979, Raikkonen conquista o primeiro título mundial de sua carreira de forma surpreendente, já que era o terceiro colocado na classificação até o Grande Prêmio do Brasil. Sua fama de pé gelado - por ser o Iceman, ou Homen de Gelo -, acabou com o resultado da corrida deste domingo, onde tudo deu certo.  Veja também: Raikkonen vence no Brasil e é campeão da Fórmula 1 em 2007 Equipes não são punidas e Raikkonen é campeão  A vitória e o título de Raikkonen Raikkonen chegou à Fórmula 1 em 2001, quando entrou na extinta Sauber, onde ficou só esta temporada e foi apenas o décimo colocado no ano, com nove pontos.  Ao chegar na McLaren, em 2002, o finlandês sempre esteve entre os favoritos a conquistar o título. Mas nunca conseguiu chegar ao topo até porque pegou o período mais vitorioso da Ferrari como adversário, tendo Michael Schumacher no volante dos italianos. Foi sexto (2002), duas vezes segundo (2003 e 2005), sétimo (2004) e quinto (2006). Chegou à escuderia italiana justamente no começo deste ano, para substituir o alemão pentacampeão mundial. Venceu na corrida de estréia, na Austrália, e parecia que seria seu ano. Viu seu prestígio diminuir com a ascensão de Hamilton, mas terminou por cima, como campeão mundial tanto como piloto quanto por equipes. Seu salário anual na Ferrari é estimado em US$ 14 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.