Borut Zivulovic/Reuters
Borut Zivulovic/Reuters

Com última volta incrível, Jorge Martín faz a pole na etapa da Áustria de MotoGP

Novato na modalidade, piloto espanhol já tem três poles em sete provas na categoria

Redação, Estadão Conteúdo

14 de agosto de 2021 | 10h30

Jorge Martín deu show, mais uma vez, em treino classificatório da MotoGP. Considerado o rei da pole position, o espanhol vai sair em primeiro pela 24ª vez na carreira, agora na etapa da Áustria. Novato na modalidade, já são três poles em sete provas na categoria. Uma semana após dominar totalmente na etapa da Estíria, voltou ao Red Bull Ring, em Spielberg, para quebrar novamente o recorde da pista e desbancar Fabio Quartararo com uma fantástica volta final.

Vencedor há uma semana na Áustria, Martín colocou a Ducati novamente na pole ao cravar 1min22s643, recuperando o recorde então quebrado pelo líder do Mundial. O francês Fabio Quartararo havia feito uma excelente primeira volta no Q2 e tinha tudo para largar na pole position da etapa da Áustria. Com 1min22s677 era o único a cravar marca abaixo de 1min22s. Até Martín surpreender mais uma vez.

O espanhol que tinha sofrido queda banal no treino, derrapando na brita, se recuperou em grande estilo em Spielberg, no Q2. Resgatou o recorde da pista batido por ele na semana passada, e fez enorme festa. Quartararo ficou em segundo, com Johann Zarco, seu principal concorrente na briga pelo título com o quarto tempo.

Entre eles aparece Francesco Bagnaia, também com Ducati. O italiano chegou a brigar pela pole, mas não conseguiu baixar o tempo de casa de 1min23s. Única Honda entre os seis primeiros, o espanhol Marc Marquez fez o quinto tempo.

Quartararo não escondeu a frustração ao perder a pole position no fim. Reconheceu que não fez uma segunda volta rápida, mas espera compensar na pista. O piloto admitiu que sua Yamaha não vem rendendo o esperado na Áustria, mas promete dar tudo para se redimir. "Largar na primeira fila é importante."

Mesmo não largando na pole, ele tenta ampliar a vantagem na liderança sobre Zarco, hoje em 40 pontos. O líder soma 172, diante de 132 do compatriota. O espanhol Joan Mir, o terceiro no geral, soma 121 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.