Confiante, Hamilton diz que pode superar Red Bull

A segunda colocação no GP da Espanha, neste domingo, aumentou a confiança do inglês Lewis Hamilton, único a superar o favorito Sebastian Vettel nesta temporada da Fórmula 1. Ao fim da prova, disputada no circuito de Barcelona, o piloto da McLaren afirmou que tem condições de correr mais rápido que a Red Bull.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 15h13

"Foi uma surpresa muito agradável ver como fomos rápidos hoje. Realmente acho que fomos mais rápidos que os carros da Red Bull, com exceção dos trechos mais velozes da pista. Forcei o máximo que pude e estou muito feliz com o resultado. Se tivesse mais algumas voltas, a ordem no pódio teria sido diferente", declarou.

Hamilton, porém, admitiu que contou com a ajuda de Fernando Alonso para se aproximar de Vettel, vencedor da corrida deste domingo. O espanhol assumiu a liderança da prova logo na primeira volta e impediu que os carros da Red Bull abrissem vantagem na ponta. "Fernando segurou os dois carros da Red Bull. Então, eu pude permanecer perto deles", comentou o inglês, satisfeito com seu desempenho. "Não posso ficar desapontado com o resultado de hoje".

Terceiro colocado na corrida, Jenson Button ficou feliz pelo pódio, mas lamentou muito sua largada. O inglês caiu da quinta para a décima colocação no início da prova. "Minha primeira volta foi um desastre absoluto. Mas eu pude me recuperar com uma estratégia fantástica", ponderou.

Button admitiu que chegou a duvidar que pudesse chegar ao pódio, depois da vacilo na largada. "Não achava que seria possível terminar em terceiro, mas como os outros pilotos fizeram suas paradas mais cedo, e os meus pneus continuaram aguentando bem, eu comecei a pensar que poderia chegar ao pódio", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.