Confiante, Rosberg se diz 'pronto para atacar' Lewis Hamilton

Confiante, Rosberg se diz 'pronto para atacar' Lewis Hamilton

Alemão não se abala com desvantagem de 17 pontos para o britânico e confia no último GP, que valerá pontuação dobrada

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 09h17

Dezessete pontos atrás de Lewis Hamilton, líder do Mundial de Fórmula 1, Nico Rosberg exibiu confiança de que poderá tirar a diferença para o seu companheiro de Mercedes nas três últimas provas da temporada, sendo que a primeira delas será disputada neste domingo, no circuito de Austin, palco do GP dos Estados Unidos.

Em solo norte-americano, o piloto alemão disse que vantagem atual do inglês "não é um grande drama" para ele, sendo que neste ano a pontuação da última corrida, em Abu Dabi, será dobrada, fato que torna a disputa do título ainda mais emocionante. "Ainda há 100 pontos a serem disputados. Qualquer coisa ainda é possível, e meu plano é me concentrar totalmente e estou pronto para o ataque total", ressaltou.

Rosberg admitiu estar ansioso para as três próximas corridas, uma delas marcada para o próximo dia 9 de novembro, no Brasil, no circuiro de Interlagos, mas garantiu hoje "desfrutar deste momento" e até brincou ao comentar o fato de que a prova final da temporada valerá pontuação dobrada. "Claro que é um pouco artificial (a nova regra promovida pela Federação Internacional de Automobilismo), mas eu adoro, foi a melhor ideia da temporada", disse, sorrindo, o piloto alemão.

A guerra de nervos com Hamilton dentro da pista em Austin começará nesta sexta-feira, a partir das 13 horas (de Brasília), quando será realizado o primeiro treino livre do GP dos Estados Unidos. Já a segunda sessão livre está marcada para as 17 horas desta sexta, enquanto o treino classificatório para o grid de largada começará às 16 horas de sábado. No domingo, a largada da prova ocorrerá às 18 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.