Crise faz Suzuki deixar o Campeonato Mundial de Rali

É a terceira montadora que anuncia sua retirada das competições esportivas por prejuízos em suas vendas

AE-AP, Agência Estado

15 de dezembro de 2008 | 08h40

Depois da Honda, que deixou a Fórmula 1, e da Audi, que restringiu suas atividades em competições de Turismo, a Suzuki é mais uma montadora que repassa às competições os prejuízos com a crise financeira mundial. Nesta segunda-feira, a fabricante japonesa anunciou que não continuará no Campeonato Mundial de Rali em 2009."Em resposta à diminuição das vendas, causada pela turbulência financeira global, a Suzuki começará imediatamente a adotar medidas para assegurar a continuidade de seus negócios. Por isso, a organização decidiu rever as áreas de sua operação e vai focar em questões vitais", disse a montadora, em nota oficial.A Suzuki começou sua participação no Mundial de Rali em 2002, quando estreou na categoria Junior. Neste ano, a montadora entrou na categoria principal e terminou na quinta posição entre as seis equipes que disputaram a competição.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoraliSuzuki

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.