Cristiano da Matta deixa o hospital depois de 50 dias

Depois de ficar 50 dias internado, o piloto brasileiro Cristiano da Matta deixou nesta sexta-feira o hospital na cidade de Neenah, nos Estados Unidos. Ele estava no Theda Clark Medical Center desde 3 de agosto, quando sofreu grave acidente durante um treino da Champ Car no circuito de Elkhart Lake, também nos EUA. Cristiano seguiu com sua família para Miami, onde mora. Deve ficar por lá mais uma semana antes de voltar para o Brasil. Apesar de ter deixado o hospital, ele ainda ficará um longo período em recuperação, principalmente na fisioterapia. O acidente, causado pela entrada de um veado na pista, deixou Cristiano em coma por cerca de uma semana. Além disso, ele passou por duas cirurgias na cabeça. Mas a recuperação tem sido boa. Na última quarta-feira, autorizado pelos médicos, o piloto chegou a sair do hospital para almoçar e jantar com a família. Como correu tudo bem, recebeu alta. Aos 32 anos, Cristiano da Matta chegou a disputar duas temporadas na Fórmula 1, ambas na equipe Toyota, e também conquistou um título da Champ Car, em 2002.

Agencia Estado,

22 Setembro 2006 | 15h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.