Cristiano da Matta é campeão da Cart

O brasileiro Cristiano da Matta conquistou o título do campeonato de 2002 da Cart (antiga Fórmula Indy), com três etapas de antecipação, ao vencer o GP das Américas, neste domingo, em Miami. Ao ganhar a sua 7ª prova na temporada, o mineiro de 29 anos somou pontos suficientes para não ser mais alcançado pelo segundo colocado, o também brasileiro Bruno Junqueira, que chegou em 5º lugar na corrida. Ele é o terceiro piloto do País a ser campeão na categoria, repetindo o feito de Emerson Fittipaldi (1989) e Gil de Ferran (2000 e 2001).Com a vitória em Miami, Cristiano chegou aos 212 pontos no campeonato, contra 143 de Bruno Junqueira. A diferença entre eles é de 69 pontos, mas como faltam três etapas para o final da temporada (dia 17, no México; dia 27, na Austrália; e dia 3 de novembro, nas 500 Milhas de Fontana), só 68 pontos estarão em jogo.Depois de largar em 6º lugar, Cristiano foi ganhando posições e assumiu a liderança da prova quando Tony Kanaan, que tinha largado na pole, foi penalizado por uma manobra que tirou o neozelandês Scott Dixon da corrida. Além do título e da vitória do brasileiro, a equipe Newman-Haas pôde comemorar a dobradinha em Miami, já que Christian Fittipaldi chegou na segunda colocação - o norte-americano Jimmy Vasser completou o pódio e foi o terceiro.Aos 29 anos, o mineiro Cristiano da Matta fez uma temporada perfeita. Venceu sete das 16 etapas realizadas (Monterrey, Laguna Seca, Portland, Chicago, Toronto, Elkhart Lake e Miami). Ainda subiu mais três vezes no pódio: foi segundo colocado em Montreal e na Inglaterra e foi terceiro em Denver. Diante desses resultados, ele, inclusive, já definiu sua ida para a Fórmula 1 em 2003 - o acerto com a Toyota deve ser anunciado oficialmente nesta semana.?É inacreditável. Eu não esperava ganhar o título justamente aqui?, comemorou Cristiano, feliz por ter sido campeão em Miami, a cidade onde mora. ?Eu estou muito feliz. Não dá para explicar?, continuou o brasileiro, que também assegurou um prêmio de US$ 1 milhão por ter vencido a temporada.Depois de ter sido batido por Cristiano na disputa pelo título, Bruno Junqueira fez questão de parabenizar o colega brasileiro. ?Ele mereceu isso. Cristiano fez um trabalho muito bom.?Além de ter sido o quarto título brasileiro na história da Cart, a vitória de Cristiano representou a quarta conquista da equipe Newman-Haas na categoria - venceu também em 1984, com Mario Andretti, em 91, com Michael Andretti, e em 93, com Nigel Mansell. ?A equipe merece esse título mais do que todo mundo. Eles fizeram um grande trabalho para mim durante todo o ano?, agradeceu o campeão.Confira a classificação final da prova:1º Cristiano da Matta (Brasil) - 2h07m09s0032º Christian Fittipaldi (Brasil) - a 0s7343º Jimmy Vasser (Estados Unidos) - a 1s3434º Alex Tagliani (Canadá) - a 2s5975º Bruno Junqueira (Brasil) - a 15s5486º Michel Jourdain Jr. (México) - a 1 volta7º Adrian Fernandez (México) - a 1 volta8º Michael Andretti (Estados Unidos) - a 2 voltas9º Tony Kanaan (Brasil) - a 2 voltas10º Dario Franchitti (Escócia) - a 2 voltas11º Mario Dominguez (México) - a 6 voltas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.