Javier Soriano/AFP
Javier Soriano/AFP

Crutchlow crava a pole na etapa da Espanha da MotoGP e encerra jejum de dois anos

Além disso, piloto britânico bate o recorde da pista em Jerez de la Frontera, com o tempo de 1min37s653

Estadão Conteúdo

05 Maio 2018 | 10h38

O britânico Cal Crutchlow cravou neste sábado a pole position da etapa da Espanha da MotoGP, a quarta da temporada, e encerrou um jejum que já durava duas temporadas. Desde a etapa da Inglaterra de 2016 que ele não conseguia largar na primeira colocação.

+ Leia mais notícias sobre velocidade

+ Tudo sobre MotoGP

+ Pietro Fittipaldi sofre grave acidente e fratura perna em Spa-Francorchamps

De quebra, Crutchlow conseguiu o recorde da pista em Jerez de la Frontera, com o tempo de 1min37s653, baixando em 0s158 a melhor marca anterior, que pertencia ao espanhol Jorge Lorenzo, conquistada em 2015.

A segunda colocação no grid neste sábado ficou com o espanhol Dani Pedrosa, que cravou um tempo 0s259 mais lento em relação ao britânico. O francês Johann Zarco foi o terceiro mais rápido e o espanhol Jorge Lorenzo sairá em quarto lugar.

Campeão da última temporada, o espanhol Marc Marquez não conseguiu encontrar uma boa volta na parte final do classificatório e largará apenas na quinta colocação. Seu melhor tempo foi 0s324 mais lento do que o de Crutchlow.

O também espanhol Alex Rins sairá em sexto e o italiano Andrea Iannone em sétimo. O líder da temporada, o italiano Andrea Dovizioso, fez apenas o oitavo tempo. Completam o top 10 os italianos Danilo Petrucci e Valentino Rossi.

A quarta etapa da MotoGP tem largada programada para este domingo, às 14h (de Brasília). Dovizioso lidera a competição com 46 pontos, um a mais do que Marquez, que busca o pentacampeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.