Da Matta já faz críticas a Ecclestone

Campeão antecipado da Cart em 2002 e a caminho da Fórmula 1 (vai correr pela Toyota), Cristiano da Matta continua dizendo o que pensa, sem se preocupar se vai agradar ou não aos dirigentes. Nesta sexta-feira, ele criticou de forma veemente o plano de Bernie Ecclestone de transformar a Cart em uma categoria de acesso à Fórmula 1. ?Há vários pilotos aqui (na Cart) que são bem melhores do que muitos caras que estão na F-1. Seria estranho haver uma categoria de base onde muitos pilotos são melhores do que os da categoria superior.? Bernie Ecclestone, o todo-poderoso da F-1, negocia com Chris Pook, presidente da Cart (Championship Auto Racing Teams), uma forma de associação. São fortes os indícios de que vai comprar 51% das ações da Cart e torná-la uma categoria de base à F-1. O anúncio, inclusive, deve ser feito no próximo fim de semana, durante o GP de Fontana. Cristiano está correndo na Austrália com o número 1 em seu carro, na condição de campeão da Cart (usava o 6). O 1 estava vago pois o campeão de 2001, Gil de Ferran, se transferiu para a IRL. Na madrugada deste domingo (1 hora pelo horário brasileiro), em Surfers Paradise, Cristiano tentará o oitavo triunfo no ano, para igualar o recorde de vitórias em uma mesma temporada que pertence a Michael Andretti (1991) e a Al Unser Jr. (1993). Com o título decidido, a atração nas três etapas que faltam para o fim da temporada é a briga pelo vice ? 11 pilotos têm chance de terminar em segundo lugar e levar os US$ 500 mil de prêmio. Entre eles Bruno Junqueira, que no primeiro treino na Austrália fez a pole provisória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.