David Ebener/EFE
David Ebener/EFE

Daimler adquire controle da equipe Mercedes na Fórmula 1

Dona da marca compra 40% da participação pertencente ao fundo de Abu Dhabi Aabar Investments

KEITH WEIR, Reuters

19 de novembro de 2012 | 17h44

LONDRES - A fabricante alemã de carros de luxo Daimler assumiu o controle da equipe de Fórmula 1 Mercedes após comprar 40% da participação pertencente ao fundo de Abu Dhabi Aabar Investments.

O envolvimento na Fórmula 1 dá a uma marca de carros acesso a uma gigantesca audiência televisiva que acompanha a categoria de 20 corridas anuais, além de permitir usar os pilotos para promover as vendas de carros de passeio.

A venda da participação na Fórmula 1 faz sentido para a Aabar, que tem reduzido suas relações com a Daimler. No mês passado, o fundo vendeu os 3% que ainda detinha na empresa que produz os carros da Mercedes.

Ainda é necessária a aprovação regulatória para a venda da participação em equipes de Fórmula 1, e os termos financeiros do acordo não foram divulgados.

A Daimler e a Aabar se juntaram na área de competições automobilísticas em 2009, quando compraram a equipe Brawn, então campeã mundial, e a relançaram na temporada seguinte com o nome Mercedes.

Atualmente a Mercedes é a quinta colocada na classificação dos construtores, faltando apenas uma corrida para o fim da temporada.

A equipe assinou um acordo comercial para disputar a categoria até 2020 e espera ter melhor desempenho no ano que vem, após contratar o ex-campeão mundial Lewis Hamilton num contrato de três anos que, segundo informações, seria de 45 milhões de libras (71,3 milhões de dólares).

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Mercedes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.