Manuel Bruque/EFE - 1/2/2011
Manuel Bruque/EFE - 1/2/2011

Daimler e Aabar oficializam compra da equipe Mercedes de Fórmula 1

Montadora passou a ter 60% das ações da escudeira, já empresa de investimentos assumiu 40%

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2011 | 10h52

A montadora Daimler, junto à empresa de investimentos Aabar, oficializou nesta segunda-feira a compra total da equipe Mercedes de Fórmula 1. A Daimler, que tinha 45,1% das ações da escuderia, passou a ter 60%, enquanto a Aabar passou de 30% para 40%.

"Ter a maioria das ações demonstra nossa determinação em construir uma relação de longo prazo com a Fórmula 1, com uma plataforma de ainda mais sucesso. Os fundadores da nossa companhia inventaram o automóvel há 125 anos e a primeira Mercedes foi um carro de corrida. Por isso vemos nosso programa de Fórmula 1 como um importante elemento em nossa história", declarou Dieter Zetsche, CEO da Daimler.

A equipe havia sido comprada por Ross Brawn, chefe da Mercedes na F-1, junto à Honda, no final da temporada 2008. Após o título de Jenson Button em 2009, a Mercedes, marca pertencente à Daimler, se interessou em adquiri-la, o que aconteceu antes da temporada 2010.

"A aquisição dos 24,9% restantes da Mercedes por parte da Daimler e da Aabar será um passo para a consolidação e fortificação de nossa equipe para o futuro. Corridas de carro possuem uma indústria muito especializada e somos privilegiados por ter parceiros tão fortes como Daimler e Aabar", declarou Ross Brawm.

"Sigo totalmente compromissado com nossa equipe, junto com a administração e todos os nossos empregados. Todos estão ansiosos pelo desafio de fazer nossa equipe ter sucesso e representando com orgulho a Mercedes", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1MercedesAabarDaimlercompra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.