Eddy Lemaistre/EFE
Eddy Lemaistre/EFE

Danilo Petrucci surpreende, vence etapa da França da MotoGP e encerra jejum

Italiano da Ducati faz uma boa largada no circuito de Le Mans e consegue segurar seus concorrentes pela liderança

Redação, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2020 | 10h20

Danilo Petrucci surpreendeu neste domingo e venceu a etapa da França da MotoGP. O italiano da Ducati fez uma boa largada no circuito de Le Mans, conseguiu segurar seus concorrentes pela liderança e ganhou a sua primeira corrida na temporada de 2020. A prova começou atrasada por conta da chuva e teve um desfecho caótico.

Petrucci não ficava no lugar mais alto do pódio da MotoGP há mais de um ano. Sua última vitória havia sido na etapa da Itália de 2019. O segundo colocado também foi uma surpresa: o espanhol Álex Marquez, estreante nesta temporada.

O piloto da Honda, irmão do hexacampeão mundial Marc Márquez, que está fora das provas por conta de um problema no braço direito, escalou o pelotão e ultrapassou Andrea Dovizioso no final para terminar como segundo colocado e subir ao pódio pela primeira vez na principal categoria da motovelocidade. No fim, outro piloto da Espanha, Pol Espargaró, também deixou o italiano para trás com a sua Red Bull KTM e fechou a prova em terceiro.

Com o desempenho ruim nas voltas finais, Dovizioso, da Ducati, que chegou a brigar pela liderança, teve de se contentar com o quarto lugar, que quase foi tomado por Miguel Oliveira. O português da KTM Tech 3 fez pressão no fim, mas só terminou em sexto depois de ter sido ultrapassado pelo francês Johann Zarco, da Esponsorama.

O japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, terminou em sétimo, logo à frente do alemão Stefan Bradl, da Honda. Fabio Quartararo decepcionou e chegou apenas no nono lugar. O francês da Yamaha SRT, que largara da pole, não acompanhou o ritmo do pelotão da frente. O espanhol Maverick Viñales fechou o top 10 na prova deste domingo.

Ainda assim, Quartararo continua na liderança do campeonato, com 115 pontos, 10 a mais que Joan Mir, da Suzuki, que também não teve um bom dia na França e cruzou a linha de chegada apenas em 11º. No terceiro posto da classificação geral aparece Dovizioso.

A MotoGP retorna na próxima semana com a etapa de Aragão, na Espanha. Será a décima corrida da temporada 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.