Dano em Silverstone causou acidente de Glock na Alemanha

Equipe Toyota afirma que carro do piloto alemão teve problemas com a suspensão já na corrida anterior

Reuters

28 de julho de 2008 | 16h34

O grave acidente sofrido pelo piloto Timo Glock no GP da Alemanha de Fórmula 1 foi causado por um dano sofrido por seu carro na corrida anterior na Inglaterra, disse a equipe Toyota, nesta segunda-feira. A Toyota afirmou em um comunicado que Glock, de 26 anos, passou por diversos incidentes em Silverstone que levaram à falha da suspensão que arremessou seu carro na parede em Hockenheim duas semanas depois. "Como é um procedimento normal, algumas partes do carro usadas no GP da Inglaterra foram levadas para Hockenheim, incluindo grande parte da suspensão direita traseira", disse a equipe. "Embora as partes tenham sido submetidas aos testes normais e ao processo de triagem depois da corrida de Silverstone, e tenham sido aprovadas para o uso em Hockenheim, ficou aparente que não foi identificado o problema que levou ao incidente na Alemanha." Glock, que faz sua primeira temporada com a equipe, passou a noite em um hospital depois do acidente no dia 20 de julho, mas desde então já treinou com a equipe e foi aprovado para correr na Hungria no próximo fim de semana. (Reportagem de Alan Baldwin)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.