Decepcionado, Hamilton fala em disputar o título em 2008

Inglês lamenta perda do campeonato no final e aposta na juventude para voltar a disputa no ano que vem

Milton Pazzi Jr., do estadao.com.br,

21 de outubro de 2007 | 19h46

Líder do campeonato, favorito e com possibilidade de garantir título com uma prova de antecipação. Este era Lewis Hamilton, da McLaren, antes do GP da China. Mas as duas provas finais de 2007 foram um verdadeiro pesadelo para o inglês e ele acabou perdendo a disputa para o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. "Obviamente estou decepcionado, afinal, liderei o quase todo o campeonato e não fui campeão", comentou o sétimo colocado no Brasil.  Veja também: Raikkonen vence no Brasil e é campeão da Fórmula 1 em 2007 Equipes não são punidas e Raikkonen é campeão  A vitória e o título de Raikkonen Apesar da decepção, Hamilton não se mostrou abatido ao final do GP do Brasil deste domingo e manteve o discurso positivo para o futuro. "Observando pelo lado positivo, este foi um bom ano. Foi a minha primeira temporada e esperava apenas marcar alguns pontos e olhem só o que consegui. Sou jovem ainda e tenho tempo para disputar e vencer muitos outros campeonatos. Quem sabe no ano que vem." "Tenho que agradecer a todos na equipe, por confiarem em mim e pelo que fizeram por mim neste ano. Agora temos que trabalhar duro para que os problemas de hoje [domingo] não se repitam no futuro", disse Hamilton, referindo-se ao defeito no cambio, que não o tirou da prova, mas deixou o inglês longe das primeiras posições. O pai do piloto, Anthony Hamilton, seguiu o discurso de Lewis. "Estou orgulhoso dele. Está de parabéns pela excelente temporada."  "Ele ainda é jovem e terá muitas outras chances de ser campeão", disse. "Problemas como os que aconteceram nesta corrida são comuns. Acontece", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.