Décimo na Austrália, Schumacher mantém otimismo

O alemão Michael Schumacher segue com a sua confiança inabalável na Fórmula 1, embora tenha amargado a sua segunda consecutiva sem um grande resultado, no último domingo, com o décimo lugar no GP da Austrália, em Melbourne.

AE, Agência Estado

29 de março de 2010 | 13h05

Em nota publicada nesta segunda-feira em seu site oficial, o heptacampeão mundial fez questão de manter o otimismo antes do GP da Malásia, próxima prova da temporada, já no próximo domingo. "Sei que talvez soe um pouco estranho, mas vejo muitos bons aspectos da corrida deste final de semana em Melbourne", afirmou Schumacher, que preferiu analisar o desempenho da Mercedes como um todo, e não apenas dele na corrida.

"É natural que não se veja à primeira vista. Mas quando

se analisa com detalhes o fim de semana, melhoramos bastante e podemos ficar contentes, ainda que não seja pelo resultado, obviamente", ressaltou o piloto alemão, que havia ficado em sexto lugar na prova de estreia da temporada, no Bahrein.

"Se observamos a classificação, acho que tanto Nico (Rosberg, companheiro de equipe) como eu podíamos ter conseguido de duas a três colocações melhores", reforçou Schumacher, para no fim da nota reforçar a sua confiança em um bom resultado na Malásia. "Tudo isso representa que não estamos longe demais e tenho certeza de que há muito por vir. Por isso, podemos ir confiantes à Malásia, pois desde (a prova do) Bahrein melhoramos nitidamente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.