Decisão sobre Button sai na quarta

Apenas quarta-feira Frank Williams, da Williams, e David Richards, da BAR, ficarão sabendo quem terá Jenson Button como piloto em 2005. Hoje três advogados do Contract Recognition Board (CRB), grupo contrato pela FIA, reuniram-se num hotel de Milão com advogados e representantes das duas equipes por 9 horas e meia. Segundo informou um integrante da Williams, os advogados do CRB disseram que lhes será passado o veredicto quarta-feira e caberá aos dois times o divulgarem. O brasileiro Antonio Pizzonia viverá dias de ansiedade. Se Button for obrigado a ficar na BAR, Pizzonia deverá ser confirmado como titular da Williams na próxima temporada. Depois da Midland, anunciada há cerca de dez dias, outra equipe surge na Fórmula 1 para estrear em 2006, a Dubai, de propriedade de um grupo dos Emirados Árabes. Durante os dias do GP do Japão, um grupo industrial russo, Midland, também confirmou sua participação no Mundial de 2006 com time próprio. No caso do Dubai, até mesmo Ron Dennis, da McLaren, disse hoje que os árabes negociam com a Mercedes o fornecimento de seus motores. Vale lembrar que o saudita Mansour Ojjeh é dono de 30% da McLaren, o que com certeza facilitará as conversas com a Mercedes, sócia de 40% da McLaren.

Agencia Estado,

16 de outubro de 2004 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.