Dennis diz que espera recuperação rápida de Kovalainen

Piloto finlandês bateu forte em Barcelona, sofreu uma concussão e foi encaminhado ao hospital

EFE

27 de abril de 2008 | 14h42

Ron Dennis, diretor da McLaren, disse que espera uma rápida recuperação do finlandês Heikki Kovalainen, que sofreu um grave acidente no Grande Prêmio da Espanha neste domingo. "Heikki Kovalainen foi levado para o Hospital Geral da Catalunha, em Sant Cugat del Vallés, para realizar exames complementares e deverá ficar em observação durante toda a noite. Não há fraturas e os exames revelaram que não ele apresenta lesões neurológicas, portanto esperamos que tenha uma rápida recuperação nos próximos dias", disse o diretor da McLaren.   Veja também:  Ferrari, com Raikkonen, domina e vence o GP da Espanha  GP da Espanha   Perguntado sobre a possibilidade de Kovalainen participar da prova da Turquia, daqui a duas semanas, Dennis afirmou que tudo depende dos exames. "Tudo depende dos exames que serão feitos pelo médico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), mas espero que ele possa correr", disse.   O diretor ainda não conhece as causas do acidente. "Ainda não sabemos as causas. A telemetria mostra o estouro do pneu antes do acidente, mas é muito cedo para saber o que causou essa perda de pressão instantânea, que pode ter ocorrido pela ruptura do aro da roda", explicou.   No entanto, Dennis elogiou a segurança do carro, que teria evitado conseqüências mais graves. "O impacto foi muito forte, mas a segurança passiva de nosso carro protegeu o piloto. Quero agradecer à equipe médica da FIA por seu trabalho rápido e eficiente e aos comissários de pista espanhóis que realizaram um excelente trabalho", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.