Desempenho da Renault frustra pilotos

A dupla da Renault, Jarno Trulli e Fernando Alonso, liderou o GP da Bélgica no início. O italiano até a nona volta, Alonso até a 11ª. "Não entendi o que aconteceu. Depois do meu primeiro pit stop (10ª volta) meu carro ficou inguiável." Acabou em nono. Alonso teve problemas com o motor que lançou óleo sobre a roda traseira direita, fazendo-o rodar em duas curvas seguidas, quando abandonou. "Não é fácil sair de uma prova quando se está liderando." Como a BAR também não marcou pontos, a Renault manteve a diferença na segunda colocação, 91 a 83. A Ferrari tem 216.

Agencia Estado,

29 Agosto 2004 | 18h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.